domingo, 30 de março de 2008

Jumper


Ir ao cinema hoje em dia é cada vez mais arriscado. Não, não falo da violência das ruas do Rio de Janeiro (pelo menos não nesse post), falo da quantidade de filmes ruins que estão circulando por aí.

Na sexta fui ao cinema assitir o filme Jumper. Não sabia muita coisa a respeito, tinha visto apenas o trailer, que me pareceu "interessante". Bem... o filme é interessante, para quem gosta de filmes no estilo "sessão da tarde".

Eu também gosto, mas para ver em casa, não para ver numa telona de cinema. Que fimes assim nem passem pelo cinema, mas que caiam direto na sessão "aventura" da locadora.

O início do filme é até interessante: descoberta do poder, o que fazer com ele. Mas, já vimos essa história antes, né? Se ao menos as atuações fossem boas, mas nem isso.

Algumas cenas são engraçadas, algumas músicas bem "colocadas", efeitos bacaninhas, mas isso tudo para disfarçar um roteiro pouco criativo, com referências de outros vários filmes que falam sobre mutações e que pouco vão interferir na nossa vida.

Pelo menos o retrato do "herói" é atual: com milhões de defeitos (incluindo roubar bancos e carros) e não morando num rancho, com uma casa perfeita, pais perfeitos e um cão.

Fica a vontade de ouvir algumas faixas da trilha sonora, de ver aos filmes dos trailers e de ler o livro. E também de esperar o filme passar na tv. Quem sabe vendo em casa eu goste mais.
[ Michel Costa ]

2 comentários:

Priscila Moraes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Priscila Moraes disse...

É por isso que eu quase não vou ao cinema.rs

No meu ponto de vista o cinema é "lazer" para a maioria das pessoas e por isso fazem esses filmes idiotas que arrecadam altas bilheterias.. =//

=)))